14 comentários:
De Enigma. a 19 de Novembro de 2009 às 08:57
Essa é uma das muitas verdades que eu tenho guardadas comigo. Tudo que eu recebo de outrem, tem que ser expontâneo, verdadeiro, integro, gostoso, meu... dado para que eu cuide conta, para que eu guarde, para que eu proteja e aceite. O sentimento é algo (que não podemos impor). Gostei muito deste post gato. Muito bom!! Parabéns!!



De O Gato a 19 de Novembro de 2009 às 13:45
Olá
É os tais sentimentos que guardamos no nosso intimo.
O dar e receber e como dizes o expontâneo, verdadeiro e pessoal é muito bom.

Obrigado ambém gostei deste post
Beijinhos


De Lia a 19 de Novembro de 2009 às 09:58
Concordo plenamente, Gato. Primeiro temos que nos amar a nós mesmos, para depois sermos capazes de amar a outra pessoa, com liberdade e respeito, sem possessividade ou desespero.
*


De O Gato a 19 de Novembro de 2009 às 13:48
O tal respeito que tem de haver numa relação de ambas as partes.
Depois e algo de importante é que o casal tem de falar abertamente um com o outro e depois amarem-se.

Bj


De Maria a 19 de Novembro de 2009 às 10:37
Gostei!!! porque nós escolhemos...


De O Gato a 19 de Novembro de 2009 às 13:52
Sim somos nós os responsaveis de escolher o parceiro(a) que queremos por isso não poderemos depois ter desculpas que não era bem aquela pessoa e que tinha aqueles defeitos todos e coisas do género.

Bj


De guiga a 19 de Novembro de 2009 às 17:02
Ai como esta frase me faz sorrir! :D
*.*


De O Gato a 19 de Novembro de 2009 às 19:02
Bem lá vem a tinta fresca, olha aí fico com o blog todo pintado é só frescura é bom ver-te assim feliz.

Bj


De India a 20 de Novembro de 2009 às 00:25
Como é verdade esta citação ... O Amor é livre (não somos nos que escolhemos quem ou o que amar, simplesmente amamos), é selvagem (regido por instintos e sentimentos muitas vezes irracionais), viciante e perpétuo (quem ama verdadeiramente nunca deixará de o sentir)...
Beijo


De O Gato a 20 de Novembro de 2009 às 14:22
Mas somos nós o que escolhemos quem queremos amar. Sim é verdade o amor verdadeiro é selvagem por vezes é dificíl ver o limite. É mesmo o amor verdadeiro é fogo mas por vezes a chama apaga-se.

bj


De emma_leiria a 20 de Novembro de 2009 às 10:14
Pois nem mais Gato, este post não deixa de ter o revés da liberdade, e quando amamos quem não é livre......


De O Gato a 20 de Novembro de 2009 às 14:24
Todos nós quando somos livres amamos verdadeiramente.

Bj


De ónix a 22 de Novembro de 2009 às 14:46
Viva, gatosembotas
Lindas as palavras e a imagem do gato é simplesmente cativante.
Queria também dizer-te que tinha um comentário teu no meu blog, que aceitei como é óbvio, mas que não aparece. Deve ser uma desconfiguração do sapo pois já aconteceu algumas vezes. De qulquer maneira queria agradecer por teres passado e gostado do blog.


De O Gato a 22 de Novembro de 2009 às 15:17
Olá
Bem vinda a este humilde blog.
Ainda bem que gostas-te eu cada vez gosto mais dele.
Ok não há qualquer tipo de problema
Aparece bj


Comentar post