15 comentários:
De O Gato a 15 de Dezembro de 2009 às 08:40
Talvez os nosso sentidos de alerta não foncionacem.
Não teriamos a consciência dos perigos.
Depois quero uma resposta, já que ficas-te a pensar.
BJ


De emma_leiria a 15 de Dezembro de 2009 às 23:47
Cheguei a conclusão que é saudável sim.... quero continuar a ter os meus medos, não aqueles medos fugazes e ligeiros, mas sim aqueles profundos enraizados em mim, sem eles não seria certamente a mesma, não teria tanta coragem nem força para enfrenta-los se eles não existissem.... talvez não demonstraria tanto como amo se o medo de perder algo não existisse, talvez não fosse tão compulsiva se o medo do desáfio não existisse, talvez não fosse tão ferverosa de mudanças se o medo do desconhecido não existisse... quero continuar a relaxar num bom banho para apaziguar os meus medos...mas nunca perde-los....
Isso não inclui a fobia dos insectos e dos animais na sua generalidade pois não....
Beijokas Sr.Gato


De O Gato a 16 de Dezembro de 2009 às 21:38
Vês acho que estás a compreender aquilo que queria dizer, teremos que ter medo para combater, para irmos à luta.
É certo que por vezes temos medo, e eu por ser homem também por vezes tenho muito medo, talvez de errar, de não dar aquilo que devia.
Fobias de animais nem pensar. Só as ratazanas me metem um pouco de nojo. Adoro animais, tirando as moscas. Teremos que saber não só lidar com eles como saber não demonstrar medo, isso aprende-se.
Tanta nunca fugir, enfrenta-os sem medo, mesmo que as pernas te tremam.

Bj


Comentar post